• I Go Travel

Lua de Mel pela Ásia

A Lua de Mel é sinónimo de dias a dois em clima de romance. Mas não só. São cada vez mais os casais que procuram aliar uns dias de puro lazer, onde a decisão mais difícil é escolher entre a praia e a piscina, com outros dias de descoberta de novas culturas.

A Ásia é o continente ideal para aliar estas duas vertentes em perfeita sintonia – como se quer numa Lua de Mel. Não faltam paraísos com areais a perder de vista e águas cristalinas, tal como não faltam locais repletos de cultura, tradição e modernidade.


Arriscamo-nos mesmo a dizer que a Ásia talvez seja o destino ideal para os casais que estão com dificuldades em chegar a um entendimento quanto ao destino da Lua de Mel. Lembram-se de termos falado sobre a importância de definirem que tipo de viajantes são e como isso pode (e deve) influenciar a escolha do destino?


Se a Ásia é uma hipótese em cima da mesa, reflitam sobre isso.




Mas o que há para conhecer na Ásia?

Para os apaixonados pela vida na cidade, uma visita a Singapura deve fazer parte dos planos. Este país-cidade do Sudeste Asiático oferece as melhores condições aos visitantes, surpreendendo pela organização, pelos jardins e pelo ambiente cosmopolita.





Mas Singapura é ponto de passagem para quem procura mais na Lua de Mel. De lá, facilmente podem seguir para a Tailândia, para o Sri Lanka ou para o Vietname.


E há tanto por descobrir naquela zona do globo!


Optando por descobrir a Tailândia, preparem-se para grandes aventuras enquanto vivenciam um enorme sentido de espiritualidade. Os templos imponentes que surgem por entre a vegetação cerrada das paisagens tailandesas pedem uma visita demorada. Bangkok espanta pela sua dualidade. Por um lado, o caos de uma cidade (aparentemente) sem regras e, por outro, a tradição e hábitos milenares que resistem até hoje. Se viajarem em novembro, não percam o festival de luzes de Chiang Mai. Railay Beach também merece uma visita para uns dias de praia e outras atividades ao ar livre.




Em pleno Triângulo Dourado, podem seguir para Myanmar, onde a visita aos templos de Yangon e de Bagan é obrigatória. Deliciem-se com a cordialidade do povo birmanês e a beleza exótica daquele país.




Mas se o que desejam é ficar entre natureza, arte e cultura, sugerimos o Sri Lanka. Com uma história riquíssima e uma natureza exuberante, ainda é um segredo bem guardado do sudeste asiático. Colombo, a capital, é o principal centro cultural, económico e gastronómico do país, combinando a atmosfera cultural dos povos colonizadores (onde Portugal se inclui) com a herança milenar do budismo e do hinduísmo. Se a história de Portugal, em particular a época dos Descobrimentos, são um tópico do vosso interesse, a visita a Galle, Património Mundial da UNESCO, não desilude.




E, estando no Sri Lanka, não há como ignorar as Maldivas, mesmo ali ao lado, para terminar uma Lua de Mel inesquecível.





Mas a Ásia é (ainda) muito mais e o difícil é decidir por onde começar. Afinal, quem viaja uma vez pela Ásia sabe que é destino onde vai querer regressar. Ficam agora por desvendar países como o Vietnam ou o Japão, com características únicas que, só de pensar neles, já ficamos com vontade de ir fazer a mala.

Este foi um artigo escrito para o blog Simplesmente Branco, parceiro da I GoTravel.

ACOMPANHA-NOS NESTA AVENTURA?

SUBSCREVA A NEWSLETTER E FIQUE

A PAR DE TODAS AS NOVIDADES.

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon